PROJETO DE PERMACULTURA E TRANSVERSALIDADE

Está sendo trabalhado na cidade de Cariacica-ES, um projeto de PERMACULTURA CONSORCIADA, voltados para segurança alimentar tradicional e apoio neste sentido a membros das UTTs e comunidade do entorno onde será aplicado o projeto.A coordenação geral e de grupos será feita por membros das unidades tradicionais, do FOSNAPOTMA-ES, sendo a coordenação geral por dois membros do FONSANPOTMA-BR em parceria com o poder público.

DO OBJETO DO PROJETO:

Dentro do espaço pretendido, serão trabalhos os seguintes produtos e atividades individuais e coletivas para os Povos Tradicionais de Matriz Africana e população entorno.

Produtos a serem gerados:

-Pimenta rosa

-hortaliças e horta medicinal

-Dendê

-Pescado

-Beneficiamento de pescado

-Mel

-Remédios

-Galinhas caipiras

-Caprinos

-Osun, waji, irosun, danda da costa e outras favas

-Produção de peles para uso medicinal

-Outros produtos consorciados por safra (inhame acara, abacaxi, cabaça, coité mandioca e outros)

Atividades sociais:

-Rodas de conversas

-Palestras

-Atividades associativas

-Oficinas

-Terapias ocupacionais

-Artesanatos

-Capacitação

Para a atuação deste projeto, que será de forma decentralizada, o FONSANPOTMA -BR juntamente com a Gerência de Igualdade Racial da cidade de Cariacica-ES, criaram um Grupo de Trabalho-GT permanente para aplicação de forma descentralizada o projeto de permacultura, onde temos neste grupo:  FONSANPOTMA-ES; Núcleo de Estudos Afro-brasileiros –NEAB da Universidade Federal do Espirito Santo-UFES; governo do estado representado pela Gerência de Igualdade Racial; Instituto Capixaba  de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural-INCAPER;  Conselho de Promoção Igualdade Racial-COPIR do estado; Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional-CONSEA e COMSEA do município; as Gerências de: Igualdade Racial; Economia Solidária; Juventude; Mulher; idoso; LGBT e Direitos Humanos; juntamente com o Instituto de Desenvolvimento das Matrizes Africana-IDEMAFRI; Fórum das Matrizes Africana de Cariacica-FOMAC; Coletivo de Agroecologia CASA VERDE da UFES; Projeto SONS E SABERES da UFES, Grupo ARÁKORIN da UFES; além da Secretaria de Agricultura local.

Foi proposto pelo GT a busca de parcerias com: Vara de Execuções Penais, Fundo de economia solidaria; PROCON estadual e municipal; MDA; SEPPIR; Fundação Palmares; Instituto Federal do Espirito Santo-IFES; Empresa de Telefonia, água e energia, conselhos estaduais e municipais pertinentes; SEBRAE-ES, SEPPIR.

Foi informado no início da reunião que o prefeito aguarda nossas conclusões para acertos finais, onde o mesmo doara o terreno de grande porte para aplicação do projeto.  Foi posto também pela Srta Neiriele, Gerente Estadual de Igualdade Racial, que de acordo com a demanda da reunião anterior reunião, dado a ela para discutir com o estado sobre a contra partida do projeto que seria a doação de peles de peixe para tratamento de queimaduras e mulheres com síndrome de Rokitansky, a mesma relatou que a SESA- Secretaria  Estadual de Saúde,  gostaria de participar do projeto e que tem interesse sobre a questão. Nesta segunda reunião, entrou para participar efetivamente do projeto, onde os mesmos já haviam analisado o relatório do INCAPER, os mesmos proporão numa análise geral o manejo consorciado de atividades agroflorestal e outras formas de atividades.

O representante do referido coletivo, disse que dentro do grupo tem um Diretor de uma Associação de produtores de mel que trabalha a MELIPONICULTURA  e que gostariam de contribuir com o projeto.  Percebemos que a transversalidade nas ações por diversos atores e representações está facilitando o trabalho do FONSANPOTMA-BR, na aplicação do projeto.  Segundo Gerente de Igualdade Racial do município, o prefeito quer conhecer o FONSANPOTMA-BR e suas atividades para criar parceria, e já garantiu a participação da prefeitura dentro do projeto, ficando no aguardo da conclusão do documento final.

Ogan Marcos

Câmara Técnica de Articulação Politica Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.