Maria Stella de Azevedo Santos – 2/05/1925 a 27/12/2018

Maria Stella de Azevedo Santos – Iya Odé Kayode – nasceu no dia 2 de maio de 1925, na Ladeira do Ferrão, no Pelourinho, na cidade de Salvador. Seus pais se chamavam Thomazia de Azevedo e Esmeraldino Antigno dos Santos.
Foto reprodução da internet.

O FONSANPOTMA, Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana, caminha na sua luta pelo reconhecimento dos Povos Tradicionais de Matriz Africana (POTMA) como os mantenedores, no Brasil e nos demais locais onde se vivencia a Diáspora Africana, do continuum dos povos originários Africanos.

Nesta perspectiva vimos a público dizer que o povo Tradicional Yorubá vê na passagem de Mãe Stella de Osossi o renascimento de mais um Ancestral. É a travessia do Grande Rio e a volta à massa de origem.

Uma mulher responsável pela manutenção e fortalecimento da Tradição Yourubá no Brasil nos séculos XX e XXI. Uma verdadeira Iyalodê – uma mulher de grande importância – que soube carregar o poder que tinha, o poder de saber seguir os passos das mais velhas e avançar para as mais novas.

Mãe Stella nos deixou um legado oral e escrito de grande conhecimento, mas sobretudo, de enorme sabedoria.  Alguém que ousou constituir formas de organização para seu povo em novos territórios e novos tempos. Ela é rainha do seu – nosso – povo.

Respeitar os desejos de Mãe Stela é o real reconhecimento à reparação desejada por um povo que preservou sua história e seus valores em terras hostis. Mãe Stella é gestora do seu tempo e do seu espaço.  Assim queremos dizer que nos solidarizamos na dor, no orgulho e felicidade de ter vivido no tempo desta Rainha, pois conforme suas sempre sábias palavras “meu tempo é agora”.

A partir de hoje passaremos a gritar seu nome e reverenciar Esta Ancestral, pois somos filhos, irmãos e povos fraternos. Vestimos branco nesta sexta feira pela sua nova vida!

 

Adúpé Iyá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.