FONSANPOTMA APOIA A NOTA DE REPÚDIO

Governo do estado desconsidera Agricultura Familiar ao comprar alimentos de empresa atacadista.

A FETRAF – RS vem a público repudiar a ação do governo do estado do Rio Grande do Sul que fez uma compra no valor superior a R$ 23 milhões, superando as 4,5 mil toneladas de alimentos, na modalidade de kits. Deste valor, R$ 12,7 milhões são recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e R$ 9 milhões com recursos do Governo do Estado. Os kits são destinados às famílias de estudantes da Rede Estadual como medida de amenizar as consequências Covid-19.

Conforme processo Administrativo de Compra (20/1900-0010839-2) aberto em 15 de abril de 2020 e a Dispensa de Licitação foi realizada em 17 de abril de 2020, apenas dois dias depois da abertura do processo administrativo, de acordo com o Edital 0249/2020, desconsiderando toda a produção da Agricultura Familiar do Rio Grande do Sul e a produção das pequenas cooperativas ao comprar de uma empresa atacadista que muito provavelmente tenha produtos que não são produzidos no Rio Grande do Sul.

São dois problemas graves:
Falta de consideração do governo do estado com a Agricultura Familiar, com as pequenas cooperativas e com a economia do Rio Grande do Sul, visto que seria uma oportunidade muito boa de fomentar a economia gaúcha com este recurso, principalmente, as pequenas cooperativas e os agricultores familiares;
Também temos um problema de legalidade porque não cumpre a lei que determina que 30% da compra da merenda escolar seja da Agricultura Familiar. Deste modo, temos um problema que é a falta de reconhecimento da Agricultura Familiar e outro que é um problema de descumprimento da legislação, a lei do PNAE, conforme artigo 14 da Lei Federal 11.947/2009, “do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo 30% (trinta por cento) deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações”.

Diante destes graves problemas, a FETRAF-RS espera que o senhor governador Eduardo Leite tome medidas cabíveis para reverter esta grande injustiça com a Agricultura familiar do RS. Os agricultores familiares estão fazendo sua parte que é produzir alimentos, o que precisamos é que o governo faça a sua.

Matéria publicada no Facebook do CONSEA RS

Link. https://www.facebook.com/1661013867463098/posts/2627631014134707/?d=n

4 comentários em “FONSANPOTMA APOIA A NOTA DE REPÚDIO

  • 8 de junho de 2020 em 10:30
    Permalink

    Hey very nice website!! Man .. Beautiful .. Superb .. I’ll bookmark your web site and take the feeds additionally…I’m glad to find numerous helpful information here within the submit, we want develop extra strategies in this regard, thank you for sharing.

  • 11 de junho de 2020 em 07:53
    Permalink

    me encantei com este site. Para saber mais detalhes acesse o site e descubra mais. Todas as informações contidas são conteúdos relevantes e diferentes. Tudo que você precisa saber está está lá.

Deixe uma resposta