20 DE NOVEMBRO: a resistência continua

 

Hoje, 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra. Dia de Zumbi, símbolo da resistência negra frente ao escravagismo de pessoas que foram sequestradas nas suas terras de origem, transformadas em mercadorias e submetidas à tortura e ao trabalho forçado no Brasil.

O crime de lesa-humanidade cometido pelo Estado brasileiro nunca foi reparado. Hoje, os negros continuam sendo vilipendiados em todos os campos do direito. Resistir e enfrentar os opressores é luta cotidiana dos negro, oprimidos por um sistema capitalista e excludente.

As mulheres bem expressam as dificuldades de viver em um país racista. Viver entre pessoas que não respeitam a diversidade étnica e desconsideram a enorme contribuição dada pelos negros à formação do tecido cultural do país.

A Marcha das Mulheres Negras (foto), na última quarta-feira (18/11),  foi demonstração inequívoca da resistência dos negros — ação contínua da luta de Zumbi dos Palmares. O Brasil deve muito à população negra. Passados 320 anos do assassinato de Zumbi, os negros não tiveram nenhuma reparação pela atrocidades cometidas pelo Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.